Acesso Restrito

Como lidar com a adaptação escolar nos primeiros anos da infância? E quando há mudança de instituição? Veja neste artigo como fazer para passar por essa fase com mais tranquilidade.

A educação infantil tem muita importância para o desenvolvimento social, cognitivo e emocional das crianças em seus primeiros anos de vida. Nessa fase, além de conhecer um novo espaço, elas também passam a interagir com outras pessoas, adotam uma nova rotina e participam de atividades diferentes das quais estão acostumadas.

O mesmo acontece quando as crianças trocam de escola. Apesar de tudo isso ter um potencial enriquecedor para a formação dos indivíduos, essas situações também podem causar desconforto e ansiedade. É por isso que a adaptação escolar costuma causar preocupações entre pais e alunos.

A seguir, explicamos qual a importância da adaptação escolar, como a criança pode se comportar durante esse período e como os familiares e a escola podem colaborar para tornar esse processo mais tranquilo.

Importância da adaptação escolar

Em diferentes momentos da vida, todos nós passamos por períodos de mudança e adaptação. Essas situações costumam gerar ansiedade e desconforto porque o ser humano prefere lidar com aquilo que já é conhecido.

Com a adaptação escolar, isso não é diferente. Seja quando a criança está indo pela primeira vez à escola, como acontece na educação infantil, ou quando o aluno precisa mudar de instituição de ensino, tanto os pequenos como seus familiares precisam lidar com o novo e ficam preocupados com isso.

A adaptação escolar é um importante instrumento que permite que a criança construa vínculos e sua própria identidade. Ou seja, é imprescindível para o desenvolvimento integral dos indivíduos. A adaptação envolve a integração com professores e colegas e o sentimento de que o ambiente escolar é seguro e acolhedor.

Quando a criança tem essa consciência, ela pode explorar todas as possibilidades de formação que a escola proporciona. Uma criança bem adaptada à escola, convive e interage com outras pessoas e sente-se confiante para fazer novas descobertas. Dessa forma, podem se desenvolver física, social e emocionalmente bem.

Comportamento da criança nos primeiros dias na nova escola

Durante o período de adaptação escolar, alguns comportamentos são esperados dos pequenos. Afinal, como falamos anteriormente, esse é um momento que pode causar desconfortos, como insegurança e dúvidas.

Antes de saber quais são as ações mais comuns, é importante destacar que o processo de adaptação escolar varia de criança para criança. Apesar da média de duração ser de uma a duas semanas, alguns podem levar mais tempo, enquanto outros podem se adaptar mais rapidamente.

Da mesma forma, os comportamentos também podem variar. As crises de choro são o mais comuns, mas também podem acontecer alterações de apetite, isolamento, retorno a fases anteriores, (como voltar a urinar na roupa, ou a dependência de algum objeto), entre outros.

Dicas para ajudar o filho na adaptação escolar

A adaptação escolar pode até causar preocupação para muitos pais, mas trata-se, como o próprio nome diz, de um período de adequação. Isso significa que ele é passageiro, e familiares e escola devem trabalhar em conjunto para facilitar o processo.

O que a família pode fazer?

O papel da família na adaptação escolar é transmitir segurança e confiança para os pequenos. Afinal, as crianças acreditam nos familiares e buscam neles o apoio necessário para enfrentar aquilo que não conhecem.

Por mais difícil que também seja para os pais, é necessário ajudar os filhos a se tornarem independentes. Então, o equilíbrio entre aconchego e firmeza são imprescindíveis. Para as crianças menores, permitir que elas levem algum objeto familiar para a escola, como um brinquedo, pode ajudar.

Já os maiores podem ser envolvidos na experiência. Algumas formas de fazer isso são permitindo que a criança conheça a escola antes do início das aulas e participe de atividades como a escolha os materiais escolares e a arrumação da mochila ou da lancheira.

O diálogo também é muito importante na adaptação. É preciso explicar como o processo vai funcionar e o que seu filho poderá fazer na escola, como brincar e conhecer colegas. Além disso, quando as aulas começarem, você pode perguntar o que ele tem feito no ambiente escolar e ouvir atentamente.

Durante a adaptação escolar, deixar claro que vai voltar para buscar a criança também é imprescindível. Evite sair escondido ao deixá-la na escola, pois isso pode causar o sentimento de abandono e desespero.

O que a escola pode fazer?

A instituição de ensino também tem papel importante na adaptação escolar. Buscar o máximo de informações possíveis sobre os alunos é necessário para facilitar o processo. Além disso, os professores devem dedicar atenção especial às crianças para começar a se aproximar delas e transmitir confiança.

O Villa reconhece esse papel e oferece o melhor acolhimento para seus alunos, não somente nos primeiros dias de aula, mas durante todo o ano letivo. Na educação infantil, a escola envolve a família para ajudar as crianças a se sentirem confortáveis e seguras.

Quer entender melhor como o Villa recebe seus novos alunos? Agende uma visita e descubra!